Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

* * * Grilinha * * *

Aqui escrevo de tudo um pouco, principalmente, de tudo o que me vai na alma.

* * * Grilinha * * *

Aqui escrevo de tudo um pouco, principalmente, de tudo o que me vai na alma.

O meu outro Blog - de Culinária
"A Cozinha da Grilinha"


.: Veraneio VI :.

Há largos meses que não dava um passeio para desenferrujar o esqueleto.


Dirão alguns, (sempre atentos ás minhas andanças médicas);

- É obvio que tens de estar enferrujada com tantas transfusões de ferro ao longo do ano!!!!


Têm toda a razão e o pior de tudo são os sucessivos internamentos que mal me deixam recuperar o equilibrio.


Na passada sexta-feira o tempo de sol e calor apelava a uma passeata á beira rio.


Os tónicos e as vitaminas abrem o apetite e depois de uma calma e agradável refeição (bife do lombo, puré de batata e um leite creme) chegou a molesa e só apetecia estiraçar o esqueleto numa cadeira.



Lá estava ela (a cadeira) a chamar por mim



Deixei-me levar pelo vai-vem do teleférico e quase adormeci, não fosse uma gaivota gralha e desajeitada que quase me poisava em cima dos pés.




Mal refeita do susto olhei para cima e comecei logo a imaginar quando é que uma azeitona da bela oliveira que me dava sombra me iria cair num olho ou na testa??!! 




O esqueleto já acusava algum mal estar por falta de almofadas na cadeira e o melhor seria dar outra volta.

 

Os canteiros de flores abundam nesta varanda do Vasco da Gama e as gaivotas fazem voos picados em direcção ás mesas da esplanada inferior em busca de um hamburguer ou de uma fatia de pizza distraídos.





Lá fora o sol queimava (28º) e uma caminhada até ao Rio Tejo não seria nada fácil.

Normalmente fazem-se pequenas feiras de artesanato, livros e enchidos na zona da gare do Oriente (local bem mais fresco áquela hora)

A banca dos queijos e presuntos foi a que me atraiu particularmente





Já de regresso e parada num semáforo ainda houve tempo para uma foto á velha chaminé da Sacor que está bem preservada e que eu via acesa dia e noite todo o ano na infância.

Termina aqui a reportagem possivel em 3 horas de agradável veraneio, mesmo com algum mal estar no esqueleto. 

.: Lisboa/Dakar 2007 :.

Esta tarde dei início aos veraneios de 2007.

O meu filho fez-me companhia e lá fomos nós até Belém para ver os carros e os preparativos para o Lisboa-Dakar 2007.

Muitos carros, muitos camiões, muitas motas e muita .... muita gente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Amanhã (06/06/2007) é dada a partida ás 06:00 horas da manhã.

.: Veraneio IV :.

Os passeios estiveram parados uns dias .... ou melhor .... eu é que não saí.

Dizem que "fazer compras" é o melhor remédio para espantar o stress e eu decidi confirmar se o ditado se aplica ás "telhas" de ficar sozinha em casa durante uma semana.

A manhã foi dedicada ás limpezas com a ajuda da Ucrâniana (é uma máquina aquela rapariga) e a tarde foi para dar uma ronda pelos hipermercados e centros Comerciais.

Com partida do olivaishopping depois de um mini-almoço a paragem foi no IKEA.

Ao altifalante anunciavam descontos de 65% até ás 16.30 na secção de iluminação.

Eram 16 horas e por isso havia que acelerar o passo e seguir o caminho da maioria dos visitantes ..... secção de iluminação.

1 abajur ... outro abajur ... 1 espelho novo e 2 apliques para o WC pequeno que precisa de ser renovado .... mais umas lampadas subselentes ...... acelerar o passo e chegar á caixa com o talão de promoção antes das 16.30.

Carregar tudo na bagageira do carro e descansar um pouco a saborear um gelado (semi-frio de baunilha e morango) .... ops quase esquecia de lhe tirar uma foto.

Regresso a casa (subir com as compras do supermercado, do IKEA e de outras lojas) ....fazer o jantar e ...... descansar.

Amanhã é dia de transfusão e passeata até ao Hosp. Egas Moniz e talvez um passeio até Belém.

.: Veraneio III :.

Tomei-lhe o gosto e agora não quero outra coisa senão "veranear" por aí.

O Campo Martires da Pátria é ponto de passagem entre as consultas do Hospital dos Capuchos e o parque de estacionamento. 

A meio, fica o jardim Braancamp Freire com o lago, galinhas, patos, gansos, galinhas da índia, garnizés, pombos, pardais........ árvores, bancos e a esplanada em frente á escola Alemã.

Um espaço amplo e agradável para descansar  á sombra do arvoredo.

 

Na próxima semana haverá mais passeios por Lisboa

 

 

 

.: Veraneio II :.

O dia de ontem não foi fácil mas á tardinha lá consegui sair á rua.

Com o céu nublado e uma temperatura superior a 30 graus torna-se complicado manter o esqueleto e a mente em equilibrio.

De Lisboa a Miraflores com regresso por Belém (uns pastelinhos de Belém) souberam muito bem.

Jardim em Miraflores

Pontos de Manutenção ao longo do jardim. Este tem bicicletas.

Pasteis de cerveja em Belém

Jardim de Belém (Lisboa)

Uma vaquinha a descansar em frente aos pasteis de Belém

O Mosteiro dos Jerónimos e o electrico 15 para Algés

O Passeio do final do dia foi agradável depois de saborear um pastel de Belém e ler o relatório médico que afinal não parece ser tão complicado como o anterior fazia prever..

.: Veraneio I :.

Chegou o momento de vestir roupa leve, colocar protector solar, óculos de sol e partir para passeatas ao ar livre.



Esta manhã o passeio deu-se pelo jardim da Portela (Sacavém).



Floreiras nos passeios da Portela



 

Floreiras nos passeios da Portela

Campanário da Igreja

 

 

Igreja (lado sul)

 

jardim