Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

* * * Grilinha * * *

Aqui escrevo de tudo um pouco, principalmente, de tudo o que me vai na alma.

* * * Grilinha * * *

Aqui escrevo de tudo um pouco, principalmente, de tudo o que me vai na alma.

O meu outro Blog - de Culinária
"A Cozinha da Grilinha"


.: Estarei a perder o meu optimismo ou é a dépré?? :.

 

 

 

Sou uma pessoa optimista por natureza .... sou Sagitário!!

 

A nível profissional e sentimental sempre fui bafejada pela sorte (esforcei-me por aprender e ser boa trabalhadora e escolhi bem a "minha paixão"). A nível financeiro aprendi com os meus pais que "no poupar é que está o ganho" e foi isso que fiz toda a minha vida de trabalhador/contribuinte. Usufruí com conta, peso e medida as facilidades ao meu alcance mas .... há um mas .... a saúde traiu-me sem pré-aviso.

 

Há 13 anos que me debato 24 horas sobre 24 horas com uma doença incapacitante, mas continuo a pensar que amanhã virá um dia melhor que o de hoje, mas .... cá está outro mas ..... começo a desacreditar no "dia melhor para o amanhã".

 

O Sub de Natal e de Férias da reforma vai voar para a maioria dos reformados (reforma conseguida à custa dos descontos e do trabalho ao longo da vida).

Os mafiosos do meu bairro continuam a receber fundo de desemprego elevado e rendimento de inserção social, dormem todo o dia, fazem festas todas as noites, têm casa própria e carro e a esses ninguém lhes cobra impostos nem fazem descontos de subsidio algum.

Ahhhh .... se gasto 50% da reforma em farmácia e laboratórios com produtos para sobreviver à doença crónica que são de venda livre e sem qualquer desconto, isso não interessa para nada, porque a culpa é minha e não do Estado, por ter arranjado uma doença dispendiosa.

 

Não é preciso ser Gestor ou Economista para perceber que o colapso do sistema financeiro na zona Euro está eminente e sob o efeito dominó (só pára quando a última pedra (Euro) cair).

A situação Grega está a preocupar quem detém dívida pública deste e doutros Países que estão na eminência de incumprimento. Quando um País entra em incumprimento o cidadão vai por arrasto.

Quero acreditar que chegarão dias novamente felizes para a nova geração de trabalhadores Portugueses mas cabe a nós, cidadãos, exigir que quem viola a lei seja responsabilizado e punido.

Continuamos a cair nos mesmos erros e isso mesmo está evidente nas eleições de Domingo passado na Madeira (em vez de punido, foi reeleito).

 

Amanhã o Sol continuará a trazer calor e luz mas as circunstâncias, pessoas e coisas estarão diferentes.

Hoje é hora de agir, semear e investir afectos em favor daqueles que nos rodeiam.

Hoje é o dia de seguir no tempo sem fim.

 

Isto tudo para chegar à conclusão de que o rating do meu optimismo está no nível "D" ou será da dépré??!!!