O meu outro Blog - de Culinária
"A Cozinha da Grilinha"


09
Out 16

Tudo o que uma mãe faz é para o bem dos seus filhos.

Determinar regras e obediência às mesmas, significará ter no futuro adolescentes e adultos bem-sucedidos, mais independentes e conscientes dos seus direitos e deveres.

Hoje podem reclamar e chamar-nos de "MÃE CHATA" mas "NÃO FIQUE CHATEADA" porque um dia eles vão agradecer-lhe.

Cá em casa a avó Alice Grilo dizia: - O trabalho do menino é pouco, mas quem não o aproveita é louco!! -

Com o seu jeitinho pedia à Ana Rosa e ao António para a ajudarem nas tarefas da casa. Hoje, já adultos, sabem fazer tudo e dão valor ao trabalho dos outros.

Esta sequência de regras, com texto e humor Brasileiro, podem dar uma ajuda a algumas mães ou mulheres de maridos que são filhos de "Mães-não-chatas" :(

 

Regra 1 

01.jpg

 

Regra 2

02.jpg

 

Regra 3

03.jpg

 

Regra 4 

04.jpg

 

Regra 5 

05.jpg

 

Regra 6 

06.jpg

 

* * Grilinha * * às 22:18
estou:

29
Fev 16
Diana_20161.jpg
1º dia de creche da Diana (29/02/2016)
Ficou feliz por ver tantos meninos, brincou e socializou com as outras crianças da sala e interagiu com as monitoras.
Na aula de música o prof achou-a adiantada por já conhecer as músicas e as coreografias (mérito da avó Alina que tem tomado conta dela neste 1º ano de vida).
A mamã veio muito satisfeita com esta 1ª manhã de escolinha da Diana.
Amanhã é o papá que a leva e já deve ficar para o almoço (é boa boca e por isso vai ser mais uma tarefa fácil para as monitoras).
Estou curiosa para saber como vai ser o 1º dia de sesta da tarde (de noite continua a ser um martírio para dormir)
Avó Fernanda
* * Grilinha * * às 12:31
tags: , ,

06
Jan 16

seconlive.jpg

1990 - Aos 32 anos e após alguns exames médicos foi-me diagnosticada uma "Endometriose severa" ….

- Hummm, sabia lá eu o que era uma endometriose!! Só quis saber se tinha tratamento e qual? (cirurgia urgente)

Na consulta, a Ginecologista não me explicou o que era nem as consequências que poderiam advir desta doença. Infertilidade é uma das mais frequentes, mas essa eu já tinha superado com sucesso, pois engravidei 2 vezes (Com 23 anos tive a Ana Rosa e aos 25 anos tive o Tó).

A cirurgia “histerectomia com anexectomia bilateral” correu +/- bem (3 horas - cirurgia demorada porque as aderências já se tinham espalhado para o intestino).

Também aqui, na Maternidade Alfredo da Costa, ninguém me explicou o que se passou na cirurgia e eu pensei que tinha acabado o sofrimento desde os 13 anos de idade e que de agora em diante, mesmo numa menopausa precoce, o que me interessava era não ter dores.

Nos 8 anos que se seguiram, a vida correu-me às mil maravilhas; saúde, curso superior a bom ritmo, carreira profissional no auge, filhos e restante família com saúde e sucesso e eis que … chega o Dia de Reis de 1998.

06-01-1998 (Foi há 18 anos)

Foi há 18 anos, numa tarde do Dia de Reis, que me saiu a fava no "Bolo Rei da Vida" e iniciei a batalha contra as sequelas da Endometriose e a descoberta (uns anos depois) de que tinha Doença de Crohn, (nunca tinha ouvido falar neste “malfadado Crohn"!!!

Um internamento de quase 1 ano deu-me muita informação e formação para regressar de novo à vida, com uma ileostomia (sem intestino delgado) para cuidar diariamente e com uma lista enorme de fragilidades/consequências que esta incapacidade me provocaria, caso nesse ano sobrevivesse às 3 cirurgias, a uma dúzia de recaídas e ainda a uma septicémia. – deixei-as todas no passado. O que lá vai, lá vai  :( 

Tive e continuo a ter a sorte de ter uma família e amigos que nunca me deixaram ir abaixo psicologicamente, e ao mesmo tempo cruzaram-se no meu caminho; médicos, enfermeiros, auxiliares e delegados de informação médica que foram e continuam a ser o pilar, para que eu tenha uma melhor qualidade de vida, ao mesmo tempo que convivo com uma doença crónica e um sistema imunitário completamente debilitado.

Obrigada a todas as pessoas que têm feito parte, mais ou menos próxima, da minha vida e aos que continuam aqui ao meu lado e me ajudam a seguir em frente e pensar que: - Amanhã virá um dia melhor.

Parabéns a mim, pelos 18 anos, nesta 2ª oportunidade de viver.

Fernanda Grilo (Grilinha)

06/01/2015

* * Grilinha * * às 23:55

24
Nov 15

blog.jpg

 

* * Grilinha * * às 17:26

28
Jun 15

Diana1.jpg

 

 

Já passaram quase 8 Meses e nem sempre foi "um mar de rosas" - desde noites mal dormidas, luta na amamentação, muda e remuda de fralda, veste e despe constante, banhos, cólicas, choro .... muito choro e birra, mas também ... muitos sorrisos, muitas descobertas, horas e horas a palrar. A cada dia que passa há novidades na evolução.

A família aumentou em 2014 com a chegada da Diana a 3 de Novembro de 2014  

Abril - A notícia da gravidez da Ana Rosa. Um bebé tão desejado pelas famílias Milagaia e Martins.

Maio - A ecografia dá a novidade de que vinha a caminho uma menina.

Agosto - As férias de Verão em família para matar saudades do filho e com a filha gravidíssima, mas muito activa e saudável.

Setembro/Outubro - A gestante passa a viver a um ritmo mais calmo e a aguardar com expectativa o final de Outubro.

Outubro passou e a Diana não dava sinais de querer dar-se a conhecer ao Mundo exterior.

Cesariana marcada para 3 de Novembro, mas sempre na expectativa de que o parto acontecesse entretanto.

3 de Novembro - Depois de algumas horas de espera, chegou a Diana, linda. Um presente de Aniversário antecipado, para a mamã Ana Rosa.

A minha vida deu uma volta de 180º a partir desta altura e durante +/- 4 Meses passei a viver entre o Parque das Nações e Chelas.

Agora é a Diana que passa os dias com as avós - Uns dias na Avó Alina nos Olivais e outros, na Avó Fernanda em Chelas. Já faz imensa companhia, interage nas brincadeiras e quando pernoita na casa das avós, dorme que nem um anjinho.

Os avôs Álvaro e Manuel andam derretidos com a netinha.

O Tio Tó começa logo às primriras horas do dia a dizer Bom Dia e a pedir fotos e vídeos da sobrinha.

Em Março/2015 apareceu em Lisboa numa visita relâmpago, para matar saudades da sobrinha. Agora anda a contar os dias até às férias para poder passar 2 semanas a brincar com a Diana - eu acrescento que: - Ele vai ajudar a dar a papa a adormecê-la e a ensinar-lhe brincadeiras à tio babado.

O Crohn e as outras "Maleitas Associadas" andaram menos agressivos comigo no primeiro semestre de 2015. Todos os que me vêem, no dia a dia, comentam que este efeito de recuperação de peso e de energia têm uma causa chamada Diana :) 

Eu, também quero acreditar que sim e dou graças ao meu Anjo da Guarda (Nanael) por me estar a ajudar.

Nota: O registo do balanço de 2014 já cá deveria estar há algum tempo mas não tenho tido cabeça nem tempo para me dedicar ao blog. Com este post iniciam-se duas novas tags neste blog "Neta" e "Avós" 

* * Grilinha * * às 12:47
estou: avó abençoada
tags: ,


Fernanda Grilo
(Grilinha)
16/12/1957
Lisboa-Portugal
As Visitas
desde Nov/2003

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


comentários recentes
Estava a tentar ensinar a "lengalenga" à filhota, ...
Também existe a almofada cervical térmica para o a...
que cada um dos teus desejos se cumpra. Deu-me sau...
ObrigadaO comentário anterior seguiu com o meu end...
Obrigada "Cantinho da casa"Feliz Ano Novo
Oh! Cheguei tarde.Mas não deixo de lhe desejar mui...
Feliz Ano 2018, Grilinha.Quando espreito este blog...
Olá.Quando vi no mail "Grilinha", voltei a sorrir....
Olá Maria AraújoObrigada por te teres lembrado de ...
Boa noite.Há minutos, enquanto jantava, lembrei-me...
Posts mais comentados
180 comentários
116 comentários
91 comentários
84 comentários
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
subscrever feeds