Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

grilinha

Aqui escrevo de tudo um pouco, principalmente, de tudo o que me vai na alma.

O meu outro Blog - de Culinária "A Cozinha da Grilinha"

.: Quem parte leva saudades, quem fica saudades tem ... :.

grilinha, 18.11.05
Lúcia nasceu na aldeia e ainda jovem veio para a cidade grande á procura de melhor qualidade de vida.

Moça alta, loira de olhos azuis e pele branca chamava a atenção de quantos por ela passavam na rua.


Arranjou emprego numa casa de Drs e só de lá saiu, no dia do seu casamento.

Lúcia aspirava a ter uma vida melhor e com jeito para o negócio decidiu montar uma "banca de bolos" junto á estação fluvial da Praça do Comércio.


Durante mais de 20 anos por ali passaram milhares e milhares de pessoas entre uma margem e outra do Tejo, que todos os dias a cumprimentavam e lhe compravam um bolo ou umas peças de fruta.


Lúcia trabalhava todo o ano, tirando apenas uns dias de férias em Agosto para acompanhar a família (marido, filha, irmãos, cunhados, sobrinhos) na festa da sua aldeia.

A extinção abrupta daquele local de venda ambulante foi um choque demasiado forte para o "aneurisma" que a acompanhava em silêncio.

Há 11 anos que Lúcia lutava para se manter viva.

Hoje vai a enterrar e com saudades desejo que a minha tia Lúcia descanse em Paz.













17 comentários

Comentar post

Pág. 1/2