O meu outro Blog - de Culinária
"A Cozinha da Grilinha"


30
Dez 11

Esta foi a frase com que encerrei os posts de 2010:
"Raios parta o ano de  2010 - Faço votos para que termine o mais depressa possível (nem me vou despedir dele não vá o tipo querer manter-se por cá mais algum tempo!!!)"

Infelizmente o mau ano de 2010 perseguiu-me em 2011. O des(governo), a crise e a austeridade a fazerem parte das notícias do dia-a-dia e a saúde ou "falta dela" a acompanharem-me um dia atrás do outro.

 

 

O ano de 2011 começou com o engº a engrossar a lista de dispensados e a ter muita dificuldade em encarar a situação de "dono-de-casa" ao fim de  42 anos de trabalho. Felizmente o part-time de 27 anos (só no Estado) como professor de engª mecânica serviu de escape e lá se foi aguentando até ao Verão (quem já não aguentava era eu!!! ter um homem em casa todos os dias a desarrumar a minha organização).

Fevereiro/Março foram 2 meses de crises, longo internamento e uma difícil recuperação. Perdi de vez o meu "rodinhas" mas ganhámos um latinhas novo em folha para a família.

No Mundo o terramoto e o tsunami no Japão que tocou a todos de uma forma ou de outra.

 

De Abril a Junho foi a correria às consultas de Neurologia, Dor Crónica, Exames, Análises, novos medicamentos e uma reacção negativa a automedicação e sobredosagem.

 

 

Julho chegou com calor e muito havia para fazer na 1ª semana.

O casamento da filha foi a festa mais linda e bem organizada que algum dia participei na minha vida. Ás 3 da manhã do dia seguinte ainda estava com forças para ajudar os noivos a encerrar a festa e deixá-los no Hotel para a merecida noite de núpcias.

 

O Verão foi decorrendo com uns dias cheios de nuvens intercalados com outros cheios de Sol.

 

O Outono chegou quente mas o cair das folhas não deixava dúvida de que a estação da "queda/decadência" estava à porta. Detesto o Outono e menos ainda o Inverno.

O engº voltou a trabalhar e nem o ter que se levantar de madrugada o fez pensar 2 vezes para aceitar o lugar.

 

 

Com o final do ano a aproximar-se a passos largos e com o "Passos" a limpar-nos os subsídios da carteira, chegou mais uma crise das valentes.

Afinal foram "2 crises"; A filha queixava-se há alguns meses de uma cólica abdominal que se veio a revelar ser um "menir" agarrado à vesícula.

 

No dia em que o cirurgião a libertou desse fardo, segui de urgência para outro Hospital da capital com uma crise da minha vesícula e por lá fiquei uma semana até aos feriados de Dezembro.

 

O meu aniversário passou despercebido e quase nem me apetecia lembrar que tinha passado um ano péssimo no meu calendário da vida, não fosse o engº apresentar nessa semana a tese de Mestrado. Agora em vez de engº passei a chamar-lhe "Mestre".

 

O Natal de 2011 foi dos mais complicados dos últimos 10 anos, com pequenas crises diárias toda a semana. A noite da consoada foi salva pela companhia dos compadres, filha, genro, marido e filho que tudo fizeram para que me sentisse bem.

 

Em 2011, o peso desceu novamente aos 39 Kgs, o sistema imunitário está mais debilitado, a resistência física diminuta e ainda há exames médicos de há 1 ano por terminar (a RM do crânio foi remarcada para Março/2012 - 8 meses depois de pedida).

 

 

Dei-me conta que escrevi isto tudo sem recorrer a ajudas de memória!!! "Se calhar a RM não faz falta e as minhas suspeitas de Alzheimer são coisa dos macaquinhos que tenho no sótão"

 

Amanhã termina mais um ano que gostaria de riscar da minha memória não fosse o dia 9 de Julho em que vi a minha princesa, linda e feliz desde que acordou.

 

2011 termina marcado pela crise na Zona Euro, a Primavera-Árabe, a explosão económico-financeira do Brasil, Angola e China.

2012 ficará marcado pelo ano da emigração de mão-de-obra qualificada e pelas dificuldades acrescidas, àqueles, que já pouco têm.

 

Não gosto de escrever este tipo de posts no meu blog, que sempre se pautou por relatos de dificuldades com sorriso e esperança e que agora vejo a desaparecerem do meu rosto e pensamento.

 

 

Desejo a todos um Bom Ano de 2012 com saúde e o amor daqueles que nos continuam a dar forças para lutar por um dia melhor no amanhã.

Grilinha

* * Grilinha * * às 23:32
tags:


Fernanda Grilo
(Grilinha)
16/12/1957
Lisboa-Portugal
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
31


comentários recentes
Também existe a almofada cervical térmica para o a...
que cada um dos teus desejos se cumpra. Deu-me sau...
ObrigadaO comentário anterior seguiu com o meu end...
Obrigada "Cantinho da casa"Feliz Ano Novo
Oh! Cheguei tarde.Mas não deixo de lhe desejar mui...
Feliz Ano 2018, Grilinha.Quando espreito este blog...
Olá.Quando vi no mail "Grilinha", voltei a sorrir....
Olá Maria AraújoObrigada por te teres lembrado de ...
Boa noite.Há minutos, enquanto jantava, lembrei-me...
Gostei muito de ler a tua opinião! Um beijinho
Posts mais comentados
180 comentários
116 comentários
91 comentários
84 comentários
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
subscrever feeds