Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

* * * Grilinha * * *

Aqui escrevo de tudo um pouco, principalmente, de tudo o que me vai na alma.

* * * Grilinha * * *

Aqui escrevo de tudo um pouco, principalmente, de tudo o que me vai na alma.

O meu outro Blog - de Culinária
"A Cozinha da Grilinha"


.: Almoço Adegueiro ... "os Adegueiros" :.

Realizou-se no passado Sábado dia 12 um mini-encontro de Adegueiros para dar as boas vindas ao Alberto (Alvega) que regressou da comissão de serviço na Bósnia..
Aproveito esta oportunidade para cumprir o que já prometi por diversas vezes.:
- explicar como se formou o grupo "Os Adegueiros".

Sejabenvindo.jpg "Adegueiro" é um termo pelo qual nos auto-definimos, enquanto amigos e frequentadores da Adega! cujo lema é "Seja bem-vindo quem vier por bem"
São "Adegueiros" aqueles que, até à data, souberam interpretar com correcção, respeito e também muito humor, o espaço um dia criado, a que chamámos Adeg@.


adegueiros.jpg

Estava eu aqui de volta,
Deste tintol de Marrazes,
Quando dei pelos versos,
Que tão alegre nos trazes!


Mas vou deixar de beber disto,
É pomada pr'arrasar!
Vê lá que em vez d'uma,
Já vejo a... TRIPLICAR! (hiiicc!!!)
....................
(autor: Milénio)




- Com o passar do tempo e o mau serviço (lentidão) prestado pela Sapo.pt o grupo viu-se obrigado a abandonar os fóruns e ter um domínio privado.
É claro que é pago! mas prestam-nos um bom serviço. Aí guardamos as nossas memórias (textos, fotos, receitas, etc) e comunicamos diariamente com mais de 25 Adegueiros através de mail privado.
Esta foi a melhor opção para que o grupo não se perdesse, apenas com o senão de estar fechado a novos elementos, o que não acontecia na Adega que é um fórum público.

Actualmente o grupo é composto pelos seguintes Adegueiros: (nicks virtuais)
Zona Norte: Alanys, Lotus, Empregadita, Agac, Dulce
Zona Centro: Lebasi, Viriato, Milenio, Rosa, Cdias, Yaka, ZéPinho,
Zona Lisboa e Margem Sul: Madre, Alvega, Grilinha, SoniaSevilha, Filó, Mizé, Velhotita, Kisanje, Moscatel, DragãoBranco, Carlitos, Sir_Peca, Phyllis2001, Carolina, Daisy,

escadamaedagua.jpgPara quem considera serem limitadas as hipóteses de se fazer @migos na Net,  desengane-se!!! Daqui saiu um grupo coeso, não só de @migos, mas também… de Amigos! (frase da autoria do Milénio)

O mini-encontro de ontem reuniu um pequeno grupo que se deliciou com um saboroso almoço, conversa animada e um passeio até á “Mãe d’água”.
Durante o almoço não foram esquecidos os Adegueiros que não poderam estar presentes (alguns mandaram sms)..
Os mais valentes subiram a escadaria até ao topo da “Mãe d’água” num piscar de olhos mas a velhotita e eu chegámos lá ao cimo a deitar os “bofes pela boca” ..... nada que um pouco de repouso e o desfrutar da agradável vista sobre Lisboa e o Tejo não fizesse acalmar as acelerações cardíacas.

maedagua1.jpg

O Reservatório da Mãe d’Água das Amoreiras faz parte do Aqueduto das Águas Livres, construído para receber as águas por ele encaminhadas. O projecto é do arquitecto húngaro Carlos Mardel, que concebeu um edifício de grande sobriedade. No interior encontra-se a cascata e a Arca d’Água, com uma capacidade para 5500 m3 de água.

maedagua2.jpg

Ligada à Mãe d’Água surge a Casa do Registo, o local onde se registavam os caudais de água que partiam através de galerias subterrâneas para os chafarizes e casas nobres da cidade

A tarde já ia longa e eis que chega a hora das despedidas, com a promessa de que um novo encontro se realizará brevemente, com surpresas.

peixinhosdahorta.jpg Se quer conhecer melhor este grupo
passe por aqui e viaje pela história Adegueira .... já agora participe, pois continuam lá alguns Adegueiros da velha guarda e novos frequentadores bem animados que mantêm as pipas e as garrafas limpas ..... não esquecendo as travessas de pasteis de bacalhau e peixinhos-da-horta que estão sempre ao dispor em cima do balcão.

.: Lan Party :.

LAN1.gif Este ano são 9 colegas e amigos que uma vez mais se juntam para a anual Lan Party (jogos em rede, partilha de ficheiros etc. ..... sem internet!! mas com TV)

Todos os anos o meu filho se reune uns dias com um grupo de colegas de escola na casa de um deles, lá para os lados de Troia.

LAN2.jpg De máquinas ás costas (CPUs, ecrãs, teclados, ratos, headphones, muiiiitos cd's ......... outros levam o portátil que é mais leve) ... e lá se fazem á estrada com os carritos carregados de material e de comida para 5 ou 6 dias, mais os sacos cama e os sacos de roupa e as pranchas de surf, pois o mar está mesmo ali ao atravessar o páteo da casa.

A partida é sempre 2 ou 3 horas depois do previsto e este ano não fugiu á regra .... saíram depois das 5 da tarde com a agravante de que uma parte do grupo ainda tinha que ir de comboio até Setúbal, apanhar o barco e atravessar o Sado e mais uma caminhada a pé até casa.

Já chegaram e estão bem.
Vou descansar tb.

.: Vem aí o Carnaval :.


O Carnaval surgiu de manifestações populares anteriores à era Cristã, na Itália, denominadas Saturnálias, em homenagem a Saturno. Com a expansão do Império Romano, essas festas, difundiram-se pela Europa.

No início da era Cristã, com a solidificação do poder da Igreja na sociedade, tais comemorações pagãs passaram a ser censuradas e limitadas ao período anterior à Quaresma.
Os italianos passaram, então, a denominá-los de Carnevale, indicando que se podia "abusar da carne", ou seja, podia-se "fazer tudo o que se tinha vontade" nesse período, pois os pecados seriam perdoados na 4ª feira de cinzas.

carnaval.jpg


Os festejos chegaram a Portugal entre os séculos XV e XVI, com o nome de Entrudo, já que ocorria nos dias anteriores à Quaresma. O evento tinha uma forte característica gastronómica e era marcado por brincadeiras de extrema violência.

O Brasil, conheceu tal evento, por influência de Portugal. O Entrudo brasileiro era tão violento quanto o português, tanto que, por volta de 1850 passou a ser reprimido pelas autoridades policiais.
Foi justamente nesse período que a festa começou a diferenciar-se, entre o Carnaval de Salão (para os indivíduos de classe média e alta) e o Carnaval de Rua (para os de classe baixa).