Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

* * * Grilinha * * *

Aqui escrevo de tudo um pouco, principalmente, de tudo o que me vai na alma.

* * * Grilinha * * *

Aqui escrevo de tudo um pouco, principalmente, de tudo o que me vai na alma.

O meu outro Blog - de Culinária
"A Cozinha da Grilinha"


.: Feliz 2005 :.

Adeus ANO VELHO
Feliz ANO NOVO

Selado, lacrado, envelopado

Despacha-se o ANO VELHO

Sem remetente

Á própria sorte

 

Bem Vindo ANO NOVO
Que todos os seus sonhos se realizem ...
Espero ver-vos por aqui
No ANO NOVO que vai chegar
FELIZ 2005 ........

.: Obrigada :.

O que seria de mim sem vcs...!!??

Obrigada pelo carinho de toooooooooodos, pelos comentários, emails, telefonemas, sms e até mensagens personalizadas ..... que vcs me deixaram.

Apesar de não nos conhecermos pessoalmente (só conheço alguns) não passo sem a vossa companhia e sem os vossos comentários.

Grilinha

A mensagem da Siri :)


Poema oferecido pela
Azoriana Neste dia tão especial, Meus parabéns aqui canto, Melhor saúde, o principal, No teu rosto belo encanto. Mereces um ramo de rosas, Vermelhas e amarelas, São as flores formosas, Para ti, as mais belas! Azoriana
Poema oferecido pelo Sherpas …embevecimento, partilha da alegria, doce momento, em amizade, em família, … um sentimento!!!... …aniversário, envelhecimento, aos poucos, desfrutando, encantamento, enquanto, a vida…se vai gozando!!!... …em união, em harmonia, numa plêiade de sensações, com champanhe, com alegria, …com amigos… os das ocasiões, os dos momentos bons, os dos maus momentos, com gritos, cantares…sons, com choros, com dores, com azares…com lamentos!!!... …que os bons, se sucedam, interminavelmente, que escureçam, quando se sentem, maus momentos… que se esqueçam!!!... …por muitos… com saúde, brindo, brindamos… com euforia, rimos, gargalhamos… cantamos, parabéns, horas felizes… gratas, presentes… futuras, as maiores… boas venturas!!!... Sherpas!!!...

.: Meu Aniversário :.

Hoje

é

meu

ANIVERSÁRIO


 

O que mais desejo para mim é que eu seja sempre muito feliz, pois ser feliz é o mais compensador de todos os sucessos; e que esteja sempre rodeada de pessoas maravilhosas como vocês.


Quero agradecer a Deus pela família maravilhosa e pelos amigos e amigas que tanto estimo.

Grilinha

.: dois poemas oferecidos por um amigo :.

Agradeço ao meu amigo forista e bloguista sherpas que me dedicou estes poemas no fórum Adega - do Sapo (30 de Novembro de 2004) …que as dores passadas…estejam esquecidas, que o futuro seja risonho, Grilinha!!!... …dor profunda, surda, sentida, partilhada, gritante, interior, muda, dor de tudo, dor de nada, junção de tristeza passada com vivências presentes, dor sofrida, acumulada, pelos que estão, pelos ausentes, sofrimento que se sente, cá no fundo, no íntimo, por mim, por ti, por toda a gente, pelo grande, pelo médio, pelo ínfimo, mas que dor avassaladora, tão tremenda, desgarrada, que não grita, que não chora, por tanta coisa, por nada, uma dor, um sentimento, um recôndito da alma, uma hecatombe de momento, uma ferida que não se cala, que nos tem já dominado, no físico, no abstracto, virtualmente esfarrapados, como… dor, de facto, um pormenor… na vida, bem negativo, por sinal, nesta curta vida, assumida, tanto no bem, como no mal, dor profunda… surda, gritante, interior… muda!!!... …Sherpas!!!... (2 de Dezembro de 2004) …sem mote, sem tema…ao sabor da pena, Grilinha!!!... …poema sem mote, sem tema, grupo de palavras bonitas, frases desconexas, sem esquema, fonemas sonantes, escritas, imagens reflexas, complexas, fluxos em cascata corrente, oratória difícil… solvente, na boca do poeta pensante, no pensar de gente distante, diferente do humano corrente, igual, porque também é gente, gente que troca… embeleza o que, nos outros, se visiona com simples olhar de humano que não pensa, que não sonha, que não escreve… imagina, que não aponta o que introverte, que não ofusca, que… atina, que não mergulha no que verte, no que sofre, no que aprecia, no que, à sua volta, existe na triste dor, na pura alegria, no que vê, no que assiste, no que faz, sem esquema, sem mote, sem tema, no que se sente, como poema, sonante… confuso fonema, reflexo de imagens complexas, interligadas… desconexas!!!... Com um abraço do Sherpas