Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

* * * Grilinha * * *

Aqui escrevo de tudo um pouco, principalmente, de tudo o que me vai na alma.

* * * Grilinha * * *

Aqui escrevo de tudo um pouco, principalmente, de tudo o que me vai na alma.

O meu outro Blog - de Culinária
"A Cozinha da Grilinha"


.: Logo logo estarei de volta :.

tchauzinhu.gif


Olá, hoje realmente o dia está bonito!!! (sol e céu azul)


Por vezes tenho que abandonar por alguns dias as pessoas e as coisas de que gosto, e ..... mais uma vez, lá terá que ser !!!

Logo logo estarei de volta.....


Como sempre ... para quem aqui me vier visitar; agradeço desde já os comentários que me costumam deixar.


 


beijinhos da Grilinha!!!

.: Sentimentos :.

height=157 alt=grilo_lua.jpg src="http://blogdagrilinha.no.sapo.pt/grilo_lua.jpg" width=250 border=0>

size=2>color=#666666>face=Verdana>Neste céu em tons de violeta,
Lenta, a noite engole o dia.
Por momentos,
Esqueço a rude prosa escrita
E abandono-me à poesia.
Expiro sentimentos,
Emoções, desejos;
Relembro com alegria,
A sensação de momentos vividos..........



size=2>color=#666666>face=Verdana>face=verdana>Grilinha






.: Destaque da Semana 15 a 21 Fev/2004 :.



by Roncinante in http://jumento.blogdrive.com/  (visita recomendada)


Fundiu-se a lâmpada do meu gabinete, e começa uma longa viagem pela burocracia interna da administração Pública.


Tenho que avisar o chefe de divisão, que por sua vez fala com o director de serviços que comunica o facto o seu homólogo responsável pelos aprovisionamentos; este último dá instruções ao chefe de divisão, que se dirige ao chefe de secção.


O Chefe de secção constata que não há lâmpadas em stock e sendo urgente conclui que não se justifica uma consulta; informa do facto o chefe de divisão, que vai de imediato informar o director de serviços. É necessário comunicar com o director de serviços financeiros, que terá que recorrer ao fundo de maneio para disponibilizar a quantia exacta necessária para a adquirir a lâmpada numa qualquer loja. Questiona o seu colega sobre quanto é que a lâmpada custa efectivamente custa e este não sabe; terá que perguntar ao seu chefe de divisão, que dará instruções ao chefe de secção para telefonar para a loja.


Telefonema feito, o chefe de divisão já sabe quanto custa a lâmpada, e de seguida é o director de serviços a saber e a comunicar a quantia ao seu colega, que dará conhecimento ao seu chefe de divisão. Colocada a quantia necessária para adquirir a lâmpada no respectivo envelope, este faz o percurso até chegar ao director de serviços dos aprovisionamentos.


Agora é só mandar comprar, nada mais fácil? Não, a loja fica a quinhentos metros, e a auxiliar tem bicos de papagaio, não pode andar tanto; e o motorista invoca que é motorista, não tem que andar a comprar lâmpadas, além de que pode ser multado enquanto para o carro e vai à loja. A solução foi encontrada, foram comprar a lâmpada o motorista e a auxiliar dos bicos de papagaio.


A lâmpada é comprada num instantinho, só resta colocá-la; mas o serviço não dispõe de electricista, o motorista não sai do carro e a auxiliar tem bicos de papagaio. Trazem-me a lâmpada, eu que a coloque; entretanto eu próprio já lá tinha colocado uma lâmpada que comprei já há alguns dias atrás.


 Assunto encerrado? Nem pensar.


Um ano depois o auditor da Direcção-Geral do Orçamento estranha que tenha sido comprada uma única lâmpada, que ainda por cima se encontra em stock. Passa dias a investigar toda a  papelada e conclui que “não consegui apurar se a lâmpada adquirida seria mesmo necessária, tanto mais que estando em stock a lâmpada nova, lá não encontrei a lâmpada fundida; concluo que o dirigente deve repor a quantia ao custo da lâmpada por se tratar de uma aquisição indevida.



Seis meses mais tarde é uma Auditoria do Tribunal de Contas a preocupar-se com a já famosa lâmpada e o seu auditor conclui no seu relatório, após aturadas investigações: “é má prática a aquisição de uma única lâmpada para constituição de existências”.



Julgava eu que o tema estava acabado quando aparece um inspector da Inspecção Geral de Finanças; alguém escreveu uma carta anónima insinuando favorecimento da loja onde a lâmpada foi comprada. Quanto a esta última investigação desconheço o resultado, o inspector ainda por lá anda….

.: Gesto Solidário :.

Dar Sangue é DAR VIDA      


Dar sangue é dar vida! Esta é uma frase bem conhecida de todos e toda a gente reconhece a sua enorme importância. De facto, dar sangue significa contribuir para o tratamento de seres humanos doentes e salvar as suas vidas. Hoje alguns de vós doam. Amanhã podem vir a precisar.  No hospital, os doentes, necessitam da colaboração de todos os saudáveis.


Ao dar sangue está a salvar a vida futura do doente que vai ser tratado com o seu sangue


Se é saudável, se tem mais de 18 anos e menos de 65, se tem mais de 55 kg de peso, e deseja dar sangue, dirija-se então a um centro do Serviço de Sangue - onde poderá efectuar a sua dádiva. Quem precisa de sangue agradece o seu gesto de profunda generosidade, altruísmo e humanismo.



Obrigada a todos os que voluntariamente me têm salvo a vida ao longo destes últimos  6 anos. Nos próximos dias mais um anónimo me irá ajudar a continuar a fazer-vos companhia e a melhorar a minha qualidade de vida.


Aos Dadores de Sangue – Obrigada do fundo do meu coração Fernanda Grilo (Grilinha)

.: Estou de volta :.

É verdade! Há uns dias que ando OFF.

De vez em quando acontece!!!

Já dei uma volta por aí e reparei que alguns blogs mudaram de visual. Também reparei que há novos blogs (tenho que linkar alguns), mas, no geral, está tudo na mesma.

Aproveito para agradecer todas as manifestações de carinho que recebi via mail  telefone  e até nos vossos próprios blogs .

Bom... vamos lá ligar o interruptor... ON  

1,2,3, experiência....

Está aí algém???