Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

* * * Grilinha * * *

Aqui escrevo de tudo um pouco, principalmente, de tudo o que me vai na alma.

* * * Grilinha * * *

Aqui escrevo de tudo um pouco, principalmente, de tudo o que me vai na alma.

O meu outro Blog - de Culinária
"A Cozinha da Grilinha"


,: Mensagem de Ano Novo

Vem aí o Ano Novo 

 

É preciso repetir as boas acções e corrigir as falhas, curar as mágoas.

É tempo de recomeçar.

Tanta coisa aconteceu.

No mundo da pressa, parece que nunca temos tempo para realizar todos os projectos e aspirações.

Mais um ano se passou. Foi tão rápido.

Olhamos para trás e vemos sucessos e decepções, tristezas e alegrias, sonhos e realidades...

O peso do ano que se finda ainda está sobre os nossos ombros, na nossa vida, nos nossos corações.

É tempo de parar, reflectir, agradecer.

Deixar que grite a voz interior e manter acesa a chama que arde dentro de nós.

Com fé, queremos renovar a esperança no seu plano e amanhã recomeçar um ano novo, com ânimo e alegria, com largo sorriso na face e a luz da esperança brilhando nos olhos.

.: O Natal foi .....

Momentos nos separam do Natal
Enquanto sigo o destino fatal
Nascerá uma nova Esperança
Que vem nos braços de uma criança.

Para mim o Natal é:
Um manto de neve
Uma coisa linda...
Não sei como se descreve...

Para mim o Natal foi
Um presente de Natal.
Agora é – e sempre será
Uma coisa fatal.
border=0>













.: O espelho :.

Existem pessoas neste mundo que não resistem a rotular, classificar e criticar.

Quando, por exemplo, ouvem uma música fora daquilo que é o seu universo medíocre e limitado passam logo ao ataque e dizem coisas como:

" Canta mal, é um(a) drogado(a)", "isso não presta", "só ouvem porcaria"....

Isto aplica-se para tudo o resto nas suas vidinhas miseráveis e tacanhas. A roupa que os outros usam, com quem falam e se dão, que filmes gostam de ver ...

Qualquer comportamento que caia fora da sua definição de "normalidade" é dissecado e criticado até ao mais ínfimo pormenor.

É triste. Será que não se olham ao espelho todos os dias? Estão sempre prontos a atirar pedras aos outros. Tentamos ignorá-los mas por vezes chegam-se demasiado perto.

O que vale é que pessoas destas não nos fazem falta.

Viva a diferença! Afinal é isso que faz de cada um de nós um ser único.

.: O gato safado :.


Ontem tinha um gato na minha cama.
Não. Não era o Viriato! Nem o Alvega tão pouco ! .... nem o QuimNogueira! Nem o Marius70! Nem o Reboot! Nem o Milhas! nem o DragãoBranco! .... Nem o .....  (pois esses =^..^=  gatões todos lá dos foruns do Sapo) ..... era um bichano mesmo, de 4 patas, peludinho. Mas, peraí! Eu não tenho gato! Esse é que é o problema... Estava eu a sonhar, quando senti "alguém" na minha cama.
Acordei, e ;num segundo pensei mil coisas: "será que é a minha filha? Será que é o meu filho? Não, eles teriam-me acordado se entrassem no meu quarto pra não me assustar... ai Jesus!".
Tomei coragem e abri os olhos. Era um gato safado que entrou pela minha janela e pulou na minha cama. Acho que foi o maior susto da minha vida. Pulei da cama, e dei um berro que acordou a casa inteira. Acho que o gato se assustou mais do que eu, porque rapidinho ele saiu pela janela. Esse nunca mais volta cá.
O problema é que existem muitos outros gatos na vizinhança. Mas ........ esses não pulam a janela ...

.: Pessoas no Caminho :.

 

bordadeira.gif

Pessoas no Caminho

Cruzam meu caminho pessoas de paz
Pessoas as quais não esquecerei jamais
Ofertam carinho e dão exemplos de fé
iluminam caminhos por onde ando a pé,
Tornam tão fácil minha caminhada,
Fazem parte de minha jornada.

Cruzam meu caminho pessoas de bem
Me animam e consolam em cada esquina
Me botam pro alto me jogam lá em cima
Me dizem que sou forte e que vou suportar
Todos os caminhos que tenho que trilhar.

Cruzam meu caminho jovens alegres
Estes nunca me deixam esquecer
Como é doce o prazer de viver.

.: Deixa a chuva levar :.

chapeudechuva.jpg

 

Deixa a chuva levar
a tua tristeza para passear
pelos ralos da cidade.
Deixa a tua agonia se esvaziar
e desaguar feito um rio, beira mar. 

Esquece os cabelos
e as roupas e os sapatos
Abre teus braços e te entrega
perde teu rumo e navega.

Caminha devagar, ao léo
e, sob a chuva, deixa tuas dores
escorrem pelo asfalto.

Depois olha pro céu
e agradece pelas estrelas.

Gandalf - RJ