O meu outro Blog - de Culinária
"A Cozinha da Grilinha"


20
Mai 08

Gosto de cores fortes.

 

Cá em casa usamos roupa bem colorida (até o engº já vai vestindo umas camisas menos cinzentas)

Os jeans faziam parte da minha indomentária mas tinha que usar uma blusa ou tshirt bem colorida.

 

Há muita cor nas roupas de cama, nos atoalhados, nas loiças etc .... e as molas da roupa não escapam.

 

O meu estendal é o mais colorido cá do bairro.

 

 

 

Num 4º andar e sem elevador, escusado será dizer que cada mola que cai, significa "mola perdida"

 

O que mais me irrita é deixar cair a mola e vir logo alguém do outro lado da rua a correr para a apanhar e meter no bolso.

Dá-me vonta de chamar a pessoa e dizer:

- Oh faz favor, ponha lá a mola na caixa de correio do 4º andar

 

Outras vezes é a vizinha do 1º andar que se dá ao trabalho de ir á rua apanhar a mola acabadinha de cair e levá-la no bolso para casa.

Eu sei que a mola lhe passou á tangente, mas só lhe acertei umas 2 ou 3 vezes ... talvez 4 pronto .....  nestes anos todos.

Já o vizinho do andar de baixo leva com elas frequentemente no meio da tola.

Lá vou pedindo desculpa, a rir por dentro, pois o dito senhor passa o dia á janela a fumar e a roer as unhas e a deitar a cinza para cima da roupa das vizinhas.

 

O balde das molas está sempre, meio-cheio, pois não há dia que não perca 1 ou 2 molas para a rua.

 

Ontem comprei 5 dúzias delas e bem coloridas para juntar ás que restavam.

 

  

Já posso voltar a fazer pontaria ás cabeças saltitantes das janelas inferiores.

(estava a brincar .... as molas saltam-me dos dedos sem querer )

* * Grilinha * * às 02:17
estou: mázinha

26
Fev 08

No mesmo dia, à mesma hora, no mesmo local reúne-se uma mão cheia de vizinhos (alguns deles aos pares - marido e mulher).

Ali e em poucas horas fica-se a saber mais do que se imagina.

No Sábado passado realizou-se mais uma reunião de condomínio.
Lá se juntaram frente a frente, vizinhos e vizinhas, que mal se cumprimentam nas escadas ao longo do ano e que nem se vêem semanas a fio.

A Administração de 2007 ficou entregue ao M. do 1º e ao V. do 3º

O M. não tem muito á vontade com as contas mas é óptimo a substituir lâmpadas fundidas, fechaduras que não funcionam, desentupir esgotos, fazer cimento e aplicar tijolos, colocar umas prateleiras. Em suma, é óptimo no bricolage.

O V. no início do mandato disse logo que não percebia nada de contas nem escrita mas que ía envernizar o corrimão, soldar umas barras, colocar uma caixa de correio para o condomínio etc etc etc.

Vendo a aflição dos restantes, assumi ficar com a contabilidade e todo o apoio administrativo (Epal, EDP, Banco), elaborar Regulamento de Condomínio, contratar limpeza de escadas e fazer seguro multirriscos.

Ora, isto é tudo tarefas que eu adoro fazer e como devem calcular a escrita esteve sempre em dia com balancetes trimestrais afixados na vitrina e boletins informativos, periodicamente colocados nas caixas de correio dos condóminos.

Chegados a 2008 e depois de marcada a dita reunião chegou a hora do Balanço.
O M. tinha feito a sua parte do bricolage mas o V. nem uma palha mexeu e disse logo que não queria voltar a ser Administrador que isso dá muito trabalho e ele não percebe (nem quer perceber) como se faz.

Assumi o comando da reunião e entreguei a cada um, uma pasta completa com balancetes, balanço, orçamento para 2008, regulamento de condomínio, legislação, etc etc.

Os 5 primeiros pontos da acta correram muito bem mas o 6º descambou tudo.
O V. fuma todo  o dia á janela e deita a cinza e as beatas para cima da roupa da P. do 2º. Quase se pegaram.

Comentário do V. na sequência da apresentação do "Regulamento do Condomínio":

- Leis era no tempo do Salazar. Agora cada um faz o quer.

 

Perante tal afirmação a sala manteve-se em silêncio e lá prossegui a leitura do restante clausulado.
A família do V. (7 adultos, 2 cães, 1 gato e vários pássaros) é por natureza ruidosa no falar e no andar, quer em casa quer nas escadas o que leva a reclamações de alto a baixo.

O V. há mais de 25 anos que ouve reclamações mas acaba por defender a familia mesmo sabendo que os vizinhos têm razão.
A cadela Pitbull é o maior problema pois todos temem cruzar-se com a bicha nas escadas. A dita circula sem açaimo e corre escada abaixo com a trela metálica a bater no mármore dos degraus e nas grades do corrimão.
Qualquer ruído canino é o suficiente para ver todos a saltar para dentro de casa como quando os touros saltam a barreira nas touradas e o público foge para a arena.

No final da reunião (2 horas e meia passadas) o M. do 1º voltou a ficar como administrador, e eu, já que faço tudo tão bem e tão organizado o melhor era assumir a administração conjunta (comentário da S. que representa a Gebalis).

O objectivo foi cumprido. Aumentou-se a quota para fazer face a despesas inesperadas e manter o Fundo Comum de Reserva em dia. (não foi fácil convencer alguns a dar mais 5€ por mês).

Resta-me manter as contas em dia, todos informados e alertar os "mais varridos da memória" para o pagamento atempado da quota mensal.

Ainda crio uma empresa de Gestão de Condomínio aqui para o bairro e arredores.

Se alguém estiver interessado que mande proposta


 

 Imagens da net

 

* * Grilinha * * às 12:35
estou: armada em sindica


Fernanda Grilo
(Grilinha)
16/12/1957
Lisboa-Portugal
As Visitas
desde Nov/2003

Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


comentários recentes
Olá.Quando vi no mail "Grilinha", voltei a sorrir....
Olá Maria AraújoObrigada por te teres lembrado de ...
Boa noite.Há minutos, enquanto jantava, lembrei-me...
Gostei muito de ler a tua opinião! Um beijinho
http://meninadeangola.blogspot.com (http://meninad...
Ah ! Ah ! Ah !Adorei as regras.
Deixo o link para o meu Facebook:https://www.faceb...
Olá AméricoFiquei muito satisfeita de te voltar a ...
Posts mais comentados
39 comentários
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar