O meu outro Blog - de Culinária
"A Cozinha da Grilinha"


06
Dez 07

De há uns anos a esta parte que o mês do Natal (Dezembro), pouco ou nada me diz.


De ano para ano De(svanece) a correria nas compras de Natal.

De ano para ano De(saparece) o gosto pelos enfeites de Natal.

De ano para ano De(sagrada) a hipocrisia das reuniões de família.

De ano para ano De(sgostos) sucessivos pela perda dos entes queridos.

De ano para ano De(finha) a saúde.

De ano para ano De(salentos) se amontoam.

De ano para ano De(sejo) um futuro melhor.

De ano para ano De(sisto) de sonhar.

De ano para ano De(grada-se) o Mundo.

De ano para ano De(safios) maiores são lançados.

De ano para ano De(scobertas) novas surgem.

De ano para ano De(sigualdade) crescente aumenta.

De ano para ano De(termino) projectos.

De ano para ano De(testo) o mês de Dezembro.

De ano para ano De(svaloriza-se) o significado de FAMILIA.

De ano para ano De(zembro) é o fim de um ano.


Este ano não quero, nem vou, comprar enfeites de Natal.

Este ano não quero, nem vou, fazer árvore de Natal.

Este ano não quero, nem vou, comprar prendas.

Este ano não quero, nem vou, conviver hipocritamente.

Este ano não quero, nem vou, festejar o meu cinquentenário.

Este ano não quero, nem vou, ficar triste na passagem de ano.

Este ano não quero, nem vou, pensar no que foi 2007.

Este ano não quero, nem vou, fazer planos para 2008.


Que chegue o novo ano sem festas nem folias.

Que chegue o novo ano com alguma saúde.

Que chegue o novo ano ........

* * Grilinha * * às 23:37
estou: mais para lá, do que para cá

gosto sempre de te ler....mas com esta fiquei meio preocupada contigo! mas entendo-te, por razões diferentes, muito bem. Faz tudo que te apetecer não fazer netes Dezembro, mas........não deixes de sonhar, não deixes apagar o brilho dos olhos, não deixes os amigos e de "puxar" por eles, não deixes as palavras calarem-se, não deixes de alimentar a tua alma e a dos outros, não percas o dom que tens de congregar.....de resto....faz tudo que te der na gana! mas não fujas para muito longe.....eu gosto de te ter por perto
beijossssssss
empregadita a 6 de Dezembro de 2007 às 22:37

Olá empregadita.

Tu tens-me acompanhado ao longo destes últimos anos e em especial neste 2007 que em termos de saúde foi muito dificil.

Nesta fase final do ano sinto-me particularmente desmotivada e aborrecida com a vida.

Prometo que não esquecerei os amigos que tanto me têm ajudado a ultrapassar estes momentos negativos.

Para ti mando esta
* * Grilinha * * a 8 de Dezembro de 2007 às 11:49

Tu estás mas é com uma grande telha!!! Ou isso ou então....não sei se diga...não sei se conte!!! É melhor não!!!



delta a 7 de Dezembro de 2007 às 00:00

Telha?

Por este andar já tenho o telhado completo

Preciso de um cafezinho e um pastel de nata quentinho com companhias agradáveis (fico á espera da marcação)

* * Grilinha * * a 8 de Dezembro de 2007 às 11:52

Apesar de achar o Natal uma época mágica e de gostar do Natal , consigo compreender muito do que dizes. Mas fiquei preocupada com tanto desânimo. Não ´we preciso gostar destas festividades mas também não é preciso ficar com esse desânimo. Vá força. Beijinhos
E se for preciso alguma coisa estou á disposição.
Mamã Gansa a 7 de Dezembro de 2007 às 00:12

Olá Mama Gansa

Por norma sou optimista e sempre confiante no dia de amanhã mas este ano foi particularmente dificil.

Foi um ano complicado a nivel emocional (casamento da filha) e fisico (2 cirurgias).

Vou tentar animar-me mas não está a ser fácil.

beijinhos
* * Grilinha * * a 8 de Dezembro de 2007 às 12:52

Amiga Fernanda
fiquei estupfacta com este teu post!
Tantao desânimo, tanta tristeza!
Não eus apanágio. Conheco-a como uma mulher lutadora que luta pela vida com unhas e dentes e procura dentro de si, todas as forças para lutar pela vida.
Olhe que eu também tenho sofrimento, e este ano não faço àrvore de Natal, porque tremo muito, estou debilitada, não posso subir a uma cadeira, para decorar a árvore. Mas fiz um lindo arranjo com flores e uns galhinhos brilhantes, e coloquei na arca de madeira (baú), junto do menino Jesu e da Bíblia, e ao redor uns anjinhos. Ficou lindo na mesma. Depois tiro fotos para postar no meu blogue: Chicailheu.
Não desiata nunca de lutar...pense que há muita gente que não tem um tecto, uma cama, nem comida quentinha nestes dias, e nós somos umas felizardas...só não temos sáude.
Não se pode ter tudo...não é assim?
Vou lhe enviar um Email, fique atenta.
Muitos beijinhos no seu coração
E força e ânimo!
Bom fim de semana e já agora Feliz Natal!
Tua amiga
Chicailheu
Chicailheu a 7 de Dezembro de 2007 às 00:29

Obrigada pelas palavras e pelo conforto.

Tu sabes bem o que passar um ano a sofrer e sem ter solução á vista.

Prometo animar-me mas não sei se conseguirei.

Que 2008 nos traga melhores momentos.

* * Grilinha * * a 8 de Dezembro de 2007 às 12:55

Entendo-te perfeitamente e faço meus os teus de(sânimos) porque afinal o Natal serve para nos lembrarmos mais que a família já não é o que era, se bem que enquanto temos filhos menores junto de nós e uma nova luz no horizonte há uma esperança de que o Natal ainda não desmorone completamente. Mas isto é quando se fala no "Natal" das compras porque do Natal do Menino Jesus e do que Ele representa nada mudou, muda ou mudará.
Vou experimentar olhar bem para o Menino no Presépio (quando o fizer porque ainda não chegou o dia aqui em casa) e pensar na bondade que Ele nos transmite com os braços pequeninos abertos em sinal de aceitação e carinho. Só isso nos basta não é mesmo?
Beijinhos e até lá vivamos este Natal como se fosse o último porque nunca se sabe quantos Natais faltam neste mundo cada vez mais atulhado de "se"s e desgraças. Inspiraste-me a reflectir e fez-me bem esta pausa. Obrigada
Azoriana a 7 de Dezembro de 2007 às 00:52

Olá Azoriana

Apesar do meu desânimo todo, continuo a acreditar n'ELE e a ter Fé.

O ano que agora termina foi dificil e não o quero deixar artir sem agradecer a DEUS ter-me mantdo junto da minha familia e amigos.

A noite de Natal será mais calma que o habitual mas com muito carinho e amor por ter a familia comigo.

Um beijinho
* * Grilinha * * a 8 de Dezembro de 2007 às 12:59

Gri-Gri, tenho quase a certeza que haverá muuuito mais gente a pensar senão exactamente o mesmo, qualquer coisa de parecido... onde eu também entro.
Mas enfim, é uma época como outra qualquer, prefiro pensar assim. Uma mão cheia de beijinhos e de coragem para o novo ano.
Alberto
gandalfknight@hotmail.com a 7 de Dezembro de 2007 às 00:56

Olá Alberto

Fiquei tão contente por te ver aqui a blogar no meu espaço.

É aqui que venho descarregar as minhas emoções, alegres ou sofridas.

É aqui que recebo o carinho dos amigos e daqueles que por acaso cá passam na hora certa.

Tu, amigo de há longos anos, percebes bem do que falo neste texto de desalento.

O ano que agora finda não foi parco em sofrimento e talvez por isso esteja a reflectir aqui 12 meses de muita emoção e sofrimento.

Continuo a ter fé no dia de amanhã.

Um beijinho especial para um AMIGO muito especial.

Desejo que o teu Natal seja feliz e que a tua filhota te saiba dar o amor e carinho que mereces, assim como eu recebo dos meus.
* * Grilinha * * a 8 de Dezembro de 2007 às 13:08

MAU!!!
Que tamanho De(salento) esse?!?!?!? Nem parece um post da minha net_tia favorita
Faz favor de comemorar o cinquentenário com muito mimo e alegria e o Natal com o Sr. Engenheiro e os seus dois filhotes em FAMÍLIA. Sempre me pareceu que esse vosso ninho era recheado desse grande sentimento e de muito afecto entre vós. Não vale De(sistir) agora!!!
Os outros? Bem, esses talvez não precisem que se desdobre em convívios hipócritas.
Agora, pelo menos por si, tem de colocar um grande sorriso, repescar essa grande força que sempre demonstrou, levantar a cabeça, seguir em frente e ter fé em 2008.
Jocas fofas e um Xi muito apertadinho
Pinguim a 7 de Dezembro de 2007 às 11:12

Olá net_sobrinha

A amilia está sempre no meu coração e em primeiro lugar.

Não são eles que me desalentam ou desgostam mas sim a falta de saúde para os acompanhar com mais alegria.

Custa-me vê-los com o "coração nas mãos" sempre que a minha saúde se degrada.

2007 foi um ano complicado em termos de saúde e sei que a minha tristeza os entristece também.

Para o meu aniversário só desejo ter um pouco mais de energia para que os que me rodeiam tb se sintam bem.

Obrigada pelo carinho

beijinhos
* * Grilinha * * a 8 de Dezembro de 2007 às 13:14

Eu andei a ler os comentários dos seus Grilinhos e, não me parece, que eles tenham desistido de celebrar a Quadra como sempre o fizeram na toca da Grilinha. Por isso, acho que não vai ter outro remédio, senão pôr um grande sorriso e viver em pleno estes dias com eles.
Muita força!!!
Jocas fofas
Pinguim a 10 de Dezembro de 2007 às 10:12

Olá net_sobrinha

É claro que na hora estarei bem disposta e com a ceia na mesa para todos.

No entanto não sinto aquela euforia de antigamente.

beijinhos
* * Grilinha * * a 12 de Dezembro de 2007 às 10:56

hooooooo k tristinha ta a minha linda grilinha
entao,entao amiga (se é k posso falar assim)sinto tanta tristeja :( nem sempre a vida corre bem nao é ?? bem linda da minha parte um enorme beijo
carladelima a 7 de Dezembro de 2007 às 11:30

Olá Carla

Estou mesmo muito tristinha, como dizes, mas tenho fé que esta fase vai passar e volto a sorrir como dantes.

Obrigada pelo carinho
* * Grilinha * * a 8 de Dezembro de 2007 às 13:28

Entendo-te, mas olha que por vezes há surpresas boas, embora sejam muito poucas...
De resto, tudo se está a transformar, estamos a ficar velhas (fora de moda nos sentimentos)...
Lê isto:
http://www.sergipe.com/balaiodenoticias/portugal78.htm

Abraço apertado
Ena Rot a 7 de Dezembro de 2007 às 12:25

Olá enarot

Obrigada pelas palavras e pelo link.

A frase:
"Andamos neste mundo com os olhos mais ou menos abertos ao que por aí há e com os pés mais ou menos dispostos a caminhar", define perfeitamente o meu dia a dia.

2007 foi um ano complicado a nivel emocional (casamento da filha) e fisico (2 cirurgias e alguns internamentos soltos).

Por norma sou uma pessoa alegre e confiante no futuro mas o Dezembro está com uma carga negativa demasiado pesada para um esqueleto osteoporoso como o meu.

Tenho fé que esta fase vai passar e que vou voltar a sorrir.
A minha familia e amigos merecem que esteja bem para que eles tb se sintam bem.

beijinhos
* * Grilinha * * a 8 de Dezembro de 2007 às 13:36

Ora aqui está bem explanada a minha forma de estar e sentir neste mês de Dezembro que, cada vez mais se estende aos restantes meses do ano. Mas ambas sabemos como é importante contrariarmo-nos. Pensamento posivito é meio caminho andado para enfrentarmos as adversidades. Eu acredito, Grilinha, que em breve te deixarás envolver pelo espírito natalício. Um beijo doce, como manda a Quadra :))
Pascoalita(Mizé) a 7 de Dezembro de 2007 às 12:37

Olá Mizé

Sei bem que te sentes sempre com uma pontinha de tristeza mas como somos duas mulheres de fibra vamos dar a volta a este negativismo.

Acompanhas-me há alguns anos e sbes que este 2007 foi particularmente dificil em todos os aspectos (emocional e fisico)

O que vale é que nos continuamos a encontrar todos os dias via net e a desejar um Bom Dia florido e sorridente que a nossa net_amiga Rosinha faz questão de enviar a todos os Adegueiros.

Um beijinho e que o teu Natal seja feliz e com muito carinho com o teu manel e os teus filhotes.
* * Grilinha * * a 8 de Dezembro de 2007 às 14:12


Fernanda Grilo
(Grilinha)
16/12/1957
Lisboa-Portugal
As Visitas
desde Nov/2003

Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
15

17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
29

31


comentários recentes
Olá.Quando vi no mail "Grilinha", voltei a sorrir....
Olá Maria AraújoObrigada por te teres lembrado de ...
Boa noite.Há minutos, enquanto jantava, lembrei-me...
Gostei muito de ler a tua opinião! Um beijinho
http://meninadeangola.blogspot.com (http://meninad...
Ah ! Ah ! Ah !Adorei as regras.
Deixo o link para o meu Facebook:https://www.faceb...
Olá AméricoFiquei muito satisfeita de te voltar a ...
Posts mais comentados
180 comentários
116 comentários
91 comentários
84 comentários
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar