O meu outro Blog - de Culinária
"A Cozinha da Grilinha"


20
Dez 06
Convite

Dei-me conta um dia destes, que o Seu aniversário está a chegar. Não que eu tivesse anotado no calendário. Lembrei da data, por causa do tumulto das lojas.
 
Todos os anos é assim.
As pessoas ficam muito preocupadas em comprar muitos presentes e coisas novas.
 
O mais estranho é que eles não são para Você. São para si mesmos, para parentes, amigos, clientes, conhecidos.
 
Este ano, pensei em convidar Você para comemorar o seu aniversário lá em casa.
 
Como a sua família é a humanidade, é possível que Você tenha muitos convites.
 
É possível que muitas pessoas, no mundo todo, queiram que Você esteja com elas, nesse seu dia tão especial.
 
Sabe, como existe a questão do fuso horário, criando diferentes horas em diversos locais do globo, creio que Você não terá muitas dificuldades.
 
Você poderá vir à hora que quiser. Estarei á espera. A minha casa não é muito grande. Aliás, é bem pequena. Tenho a certeza que Você não se importará.
 
E também creio que não se importará de andar em estrada de chão, porque o bairro onde moro é dos mais distantes. Quase do outro lado da cidade.
 
Porém, como Você andou muito pelas estradas, e pelos campos, não creio que terá dificuldades em enfrentar esse pequeno percurso.
 
Se vier durante o dia, Você reconhecerá a minha casa, pelas rosas que enfeitam a cerca. Estarão todas desabrochadas, no dia do seu Natal.
 
Elas costumam debruçar-se, pendendo para o lado de fora da rua. Tenho a certeza que nesse dia, mais do que nunca, elas estarão alongando as suas hastes para vê-Lo desde longe.
 
E quando o virem, exalarão tal perfume que me dirá que Você está chegando.
 
Deixarei a luz acesa, caso Você decida vir após o cair da tarde. E a porta entreaberta.
 
A mesa estará posta. Tenho guardado uma toalha para ocasiões especiais. Estará cobrindo a velha mesa.
 
Cozerei pão. Possivelmente não será tão saboroso como o de sua mãe. Entretanto, tenha a certeza que farei a massa com todo o carinho.
 
Colherei frutas das árvores do quintal e farei um bolo. Como sei que Você aprecia convidar os que andam pelas ruas, os que andam sozinhos, para a comemoração do seu aniversário, colocarei alguns pratos extra.
 
Só peço que Você não convide muita gente, Jesus. Afinal, a minha casa é pequena e os meus recursos são poucos.
 
Mas, repartirei com prazer o que tiver.
 
Talvez Você não possa ficar muito tempo. Sei que Você é muito ocupado. Contudo, mesmo que Você parta, os seus amigos poderão ficar.
 
Continuaremos a conversar sobre a grandeza dos Seus feitos e a sublimidade dos Seus ensinos. Preciso muito relembrar essas questões tão esquecidas.
 
Se Você vier, Jesus, talvez possa este ser o Natal da minha redenção.
 
É que me sinto um tanto perdida, entre as coisas do mundo. Ando esquecida de orar. Por vezes, quase esqueço que sou filha de Deus. E herdeira do universo.
 
Sinto-me tão só que esqueço que posso encontrar irmãos em toda a parte.
 
Esqueço de tantas coisas. Por isso, Jesus, a sua presença, no Seu aniversário, será tão importante.
 
Desejo, sinceramente, Jesus, que Você possa vir à minha casa para encher de luz o meu coração e a minha vida.
 
Eu lhe direi feliz aniversário.
Você me dará o presente da sua presença. E, então, será verdadeiramente Natal.
 
(recebido por mail - autor desconheçido)
* * Grilinha * * às 02:17
estou:
tags:

Amiga Fernanda(Grilinha) que beleza tem este texto como dizes que vei por mail,alguém de bom coração que não pensa só em prendas,joias,elétrodomésticos e outras coisas supérfulas como as que se expõe nas montras dos CENTROS COMERCIAS,eu cinseramente estou a ficar deveras chatiada com o Natal,que certa sociadade nos quer encutir,que é feito do meu Natal de cinquenta anos atráz?Estou contigo,pois avida não é só isto,é realmente muito mais.
Amiga beijinho do coração.
Maria Elisa
Maria Elisa a 20 de Dezembro de 2006 às 21:34

Olá Maria Elisa.
Levamos a vida a correr de um ado ara o outro e nesta época continuamos a correr a fazer compras desenfreadamente.
Basta parar um pouco e pensar que um simples jantar sem futilidades pode ser bem mais agradável do que uma prenda carissima e que nada diz a quem a recebe nem a quem a dá.
Beijinhos
* * Grilinha * * a 20 de Dezembro de 2006 às 22:19

Muito lindo!
Com um convite desses, quem pode recusar...eu aceito com todo o prazer passar este Natal consigo e com Jesus!
Ponha mais um lugar na sua mesa!
Conte comigo!
Beijinhos Grandes
Chicailheu
Chicailheu a 20 de Dezembro de 2006 às 23:00

Já está mais um lugar na mesa.
O amigos têm sempre lugar reservado.
Um beijinho
* * Grilinha * * a 21 de Dezembro de 2006 às 03:36

Boa noite. Vai ao teu tema de aniversário. :)) Bjs
dojaya a 21 de Dezembro de 2006 às 01:49

Já fui e já te respondi.
* * Grilinha * * a 21 de Dezembro de 2006 às 03:00

Pssst.... não andas um cadito distraída ?
É que eu já tinha dado por Ele em tua casa... :-)

Boas Festas linda Grilinha
Maria Alfacinha a 21 de Dezembro de 2006 às 11:45

Eu sou distraída por natureza.
Ainda bem que me avisas pois eu já tinha desconfiado que se estava a passar algo de estranho comigo e afinal é só a presença d'Ele.
* * Grilinha * * a 21 de Dezembro de 2006 às 23:01

Desde pequeno, por tradição, aprendi que o natal era o aniversário do nascimento do menino Jesus, à meia noite colocávamos o sapatinho na chaminé da lareira e na manhã seguinte encontrávamos uma pequena prenda, normalmente um coelho, uma pera ou uma garrafinha de chocolate, diziam-nos que tinha sido o menino Jesus que oferecera por nos termos portado bem. De hoje em dia, uma grande maioria esquece que o natal é dedicado ao menino Jesus, as prendas dizem que foi o pai Natal. Esta bela mensagem faz-nos reflectir nisso mesmo, a maioria das pessoas festejam esta data sem sequer se lembrarem que é o aniversário do nascimento de Jesus, preocupam-se em coisas supérfluas, em consumismos exagerados para oferecerem aos amigos e familiares e nem sequer pensam que o aniversariante é Jesus.
Boas festas e as maiores felicidades do mundo.
Bjs João.
João a 21 de Dezembro de 2006 às 12:03

Foi assim que aprendi a viver o natal.
Na noite da consoada havia calor, mesa farta e muita alegria por ter a familia (avós, tios, primos, pais) toda reunida.
Na manhã seguinte havia sempre uma bolacha com o nome de cada neto para o pequeno almoço, feita pela avó e pelas tias.
Em casa havia o presente que o Pai natal tinha deixado durante a noite através da chaminé.
Que saudades dos meus Natais.
* * Grilinha * * a 21 de Dezembro de 2006 às 23:05

Agradeço os votos e retribuo, desejando que tenhas a casa cheia nesse dia tão especial.Desejo ainda muita saúde para todos e mais não desejo. Aprendi com a meia idade onde me situo que a saúde é o bem mais precioso.
ciloca a 21 de Dezembro de 2006 às 12:48

Olá Ciloca.
Tb eu aprendi a aproveitar a vida e a saber que a saúde é o bem mais preciosos.
* * Grilinha * * a 21 de Dezembro de 2006 às 23:07

Batem leve levemente
Como quem chama por mim
Será chuva? Será gente?
Gente não é certamente
E a chuva não bate assim

Fui ver. A neve caía
Na porta um raio de Luz
Abri-a suave, suavemente
E quem há minha porta batia
Muito leve levemente
Não era neve... era Jesus!

Boas Festas, Feliz Natal
marius70 a 21 de Dezembro de 2006 às 16:32

Bem me parecia ouvir truz truz
Ao de leve , levezinho
Afinal era Jesus
E eu a pensar no vizinho

A ajuda do marius70
Foi bem preciosa
Obrigada a quem comenta
Sempre gente bondosa

Boas Festas, Feliz Natal

* * Grilinha * * a 21 de Dezembro de 2006 às 23:16

Grilinha querida, adorei este texto.
FELIZ NATAL!
Beijos
Maria Papoila a 21 de Dezembro de 2006 às 17:24

Feliz Natal.
* * Grilinha * * a 21 de Dezembro de 2006 às 23:16

Que Jesus entre em nossas casas para que possamos celebrar o Natal com muita paz e amor.

Feliz natal para ti e todos os teus, e que o menino Jesus ponha no teu sapatinho muita saúde

Beijocas
mary90 a 21 de Dezembro de 2006 às 21:42

Um Feliz natal para ti e para a tua familia.
Este ano tens um anjinho a abençoar a tua familia.
Que Deus o proteja por toda a vida.
* * Grilinha * * a 22 de Dezembro de 2006 às 02:17

Um excelente, feliz e tranquilo natal são os desejos do pessoal aqui do dique. Que o ano de 2007 te traga muitos sorrisos e muitos momentos bons.
castor a 21 de Dezembro de 2006 às 23:44

Obrigada Castor.
Um santo Natal para ti e para os teus.
* * Grilinha * * a 22 de Dezembro de 2006 às 02:17


Fernanda Grilo
(Grilinha)
16/12/1957
Lisboa-Portugal
As Visitas
desde Nov/2003

Dezembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12

17
18
19
21
23

25
27
28

31


comentários recentes
Boa noite.Há minutos, enquanto jantava, lembrei-me...
Gostei muito de ler a tua opinião! Um beijinho
http://meninadeangola.blogspot.com (http://meninad...
Ah ! Ah ! Ah !Adorei as regras.
Deixo o link para o meu Facebook:https://www.faceb...
Olá AméricoFiquei muito satisfeita de te voltar a ...
Bom DiaHá já muito tempo que fiz um comentário nes...
ObrigadaFoi pena o comentário ficar anónimo e assi...
Posts mais comentados
180 comentários
116 comentários
91 comentários
84 comentários
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar