O meu outro Blog - de Culinária
"A Cozinha da Grilinha"


15
Dez 06
No primeiro dia de aulas o professor apresentou-se e desafiou-nos a que nos apresentássemos a alguém que não conhecêssemos ainda. Eu fiquei em pé para olhar ao redor quando uma mão suave me tocou no ombro. Olhei para trás e vi uma pequena senhora, velhinha e enrugada, sorrindo radiante para mim, com um sorriso que iluminava todo o seu ser.
Ela disse:  
- Olá menina, chamo-me Rosa.
Eu tenho oitenta e sete anos de idade. Posso dar-te um abraço?
Eu ri, e respondi entusiasticamente:
- É claro que pode! 
- Por que razão está na faculdade em tão tenra e inocente idade? - Perguntei.
Ela respondeu brincalhona:
- Estou aqui para encontrar um marido rico, casar, ter um casal de filhos, e então me aposentar e viajar.
 
 
 
- Está a brincar – disse eu.
Eu estava curiosa para saber o que a havia motivado a entrar neste desafio com a sua idade, e ela disse:
- Eu sempre sonhei em ter um curso universitário, e agora tenho a possibilidade de ter um!
No final da aula, caminhámos para a cantina dos estudantes, e bebemos um café. Ficámos amigas.
Todos os dias nos juntávamos nas aulas e falávamos sem parar.
 
 
Eu ficava sempre extasiada a ouvir aquela "máquina do tempo" compartilhar a sua experiência e sabedoria comigo.
No decurso de um ano, Rosa tornou-se um ícone na Universidade, e fazia amigos facilmente, onde quer que fosse.
Ela adorava vestir-se bem, e revelava-se na atenção que lhe davam os outros colegas de estudo.
Rosa estava a viver a vida!
No final do semestre convidámos a Rosa para falar no nosso jantar de final de aulas.
 
 
Jamais esquecerei o que ela nos ensinou. Foi apresentada e aproximou-se do pódio. Quando começou a ler o texto que tinha preparado, deixou cair três das cinco folhas no chão.
Frustrada e um pouco embaraçada pegou no microfone e disse simplesmente:
 
- Desculpem-me estou tão nervosa! Deixei de beber por causa da Quaresma, e este uísque está a matar-me! Não vou conseguir colocar os papéis em ordem de novo, então vou apenas falar-vos sobre aquilo que eu sei. 
 
 
Enquanto nos ríamos, Rosa bebeu um golo de água e começou:
 
 
- Nós não paramos de amar porque ficamos velhos; nós ficamos velhos porque paramos de amar. Existem somente quatro segredos para se continuar jovem, feliz e com sucesso.
1 – Rir e encontrar humor em cada dia.
2 - Ter um sonho. Quando se deixa de sonhar, morre-se. Há tantas pessoas por aí que estão mortas e nem desconfiam!
3 - Há uma enorme diferença entre ficar velho e crescer 
Quando se tem dezanove anos de idade e fica deitado na cama durante um ano inteiro, sem fazer nada de produtivo, você ficará com vinte anos. Se eu tenho oitenta e sete anos e ficar na cama por um ano e não fizer nada, eu ficarei com oitenta e oito anos. Qualquer um consegue ficar mais velho. Isso não exige talento nem habilidade. A ideia é crescer através de sempre encontrar oportunidade na novidade. Para isto não precisa de nenhum talento ou habilidade. A ideia é crescer sempre encontrando a oportunidade de mudar. Não tenha remorsos.
4 - Os velhos geralmente não se arrependem daquilo que fizeram, mas sim daquilo que deixaram de fazer. As únicas pessoas que têm medo da morte são aquelas que têm remorsos
 
 
Rosa concluiu o seu discurso cantando corajosamente "A Rosa".
Desafiou cada um de nós a estudar poesia e vivê-la na vida diária. No final do ano a Rosa terminou o último ano da faculdade que começou há 4 anos atrás.
Uma semana depois da formatura, Rosa morreu tranquilamente no seu sono.
Mais de dois mil alunos da faculdade foram ao seu funeral, em tributo à maravilhosa mulher que ensinou, através do seu exemplo, que nunca é tarde demais para ser tudo aquilo que você pode provavelmente ser.
 
 
 
"Ficar velho é obrigatório, crescer é opcional".
 
 

Se leu este texto com o coração estará mais sábio, mas se o leu com a mente, estará apenas mais velho.

(recebido por mail e adaptado)

* * Grilinha * * às 04:16
estou: mais sábia

... parar é... morrer, Grilinha!!!... Rnquanto há vida... há esperança!!!... Grande lição para... os mais novos!!!... Abraço do Sherpas!!!...
sherpas a 15 de Dezembro de 2006 às 07:23

Olá Sherpas.
Eu era a mais velha do meu grupo de estudo.
Hoje os jovens que naquela época estudavam comigo são adultos e pessoas com cargos importantes nas empresas onde trabalham.
Sempre que nos juntamos eles agradecem eu ter estado ali naquela época para lhes fazer perceber que a vida é uma lição.
* * Grilinha * * a 16 de Dezembro de 2006 às 01:26

Já tinha recebido e lido este mail há anos e tal como antes, sairam-se-me algumas lagrimas ao ler isto. Acho que o coraçao fala sempre mais alto quando se está a ouvir e ler o coraçao de outra pessoa. Um beijo :******
Tania a 15 de Dezembro de 2006 às 09:27

Este texto tb mexeu comigo e por achei por bem colocá-lo aqui para que outros sintam o mesmo que nós.
Um beijinho.
* * Grilinha * * a 16 de Dezembro de 2006 às 01:27

Que ternura, já estava a ficar com saudades da Rosa sem a conhecer... :)

PS. E a pensa, lá se meteu a Grila noutra aventura! ;)


Feliz Natal :)*
ahlka a 15 de Dezembro de 2006 às 12:07

eheheh tens razão Cataplana.
Bem poderia ter acontecido comigo.
Fui uma "rosa" para um grupo de jovens que hoje me agradecem o apoio que lhes dei naqueles bancos de escola.
* * Grilinha * * a 16 de Dezembro de 2006 às 01:28

Li com o coraçao e com a alma!
Hoje estou muito choramingas e muito triste...passei a noite toda com dores. Estou zonza. Vou comer uma canja e volto para a cama, pois tenho um grande mal estar no corpo todo.

Adorei este teu post.
Muitos beijinhos
e um Xi-
Chicailheu
Chicailheu a 15 de Dezembro de 2006 às 13:16

Olá Chica.
Chorar faz bem ápele, limpa os olhos e alivia a alma.
* * Grilinha * * a 16 de Dezembro de 2006 às 01:29

Grilinha, Gostei do look do teu blogue.

Beijinhos

PARABÈNS!!!!!
Que tenhas um grande dia. :)
fátima a 15 de Dezembro de 2006 às 13:23

Obrigada Alanys.
Passa cá novamente que o bolo está na mesa.
Já tens o calendário actualizado
* * Grilinha * * a 16 de Dezembro de 2006 às 01:30

cometi a proesa de ler este texto com o coração e a mente ao mesmo tempo :-)
Como por milagre, sinto-me bem mais ágil e pronta a executar algo que ontem à noite deixei a meio em consequência duma gripe k não me larga!
Uma grande prova de coragem e persistência.

Um beijo e Bom fim de semana
pascoalita a 15 de Dezembro de 2006 às 16:48

Xiii ... tu que és uma mulher eléctrica ainda vieste aqui buscar mais agilidade!!!???
Fico feliz por ver os meus amigos do coração sentirem-se bem na minha casa.
beijinhos para ti Mizé
* * Grilinha * * a 16 de Dezembro de 2006 às 01:31

Sinto-me mais sábia e mais jovem...lol
Bom fds, amiga
Beijokitas
bitu a 15 de Dezembro de 2006 às 18:51

Obrigada Bitu.
Que bom que estes textos têm mexido com quem os lê e que gosta de me visitar.
beijinhos
* * Grilinha * * a 16 de Dezembro de 2006 às 01:34

Olá Fernanda,gostei tanto desta pagina de vida,pois só digo velhos são os trapos,e aqui mostra que a força de vontade para conheçer,e dar amizade as pessoas,são essas provas que a sociadade moderna precisa,para ter valores,pois os mesmos estão a passar de lado,e só vejo gente a atrofiar-se a passar por cima dos outros para conseguir ser feliz,e no teu texto mostra que afinal,nada disso será preciso..
Amiga gostei muito,pois a velhiçe é um posto e mal de nós não sabermos dar o valor.
beijo bom fim semana fica bem
Maria Elisa
Maria Elisa a 15 de Dezembro de 2006 às 19:40

Olá Maria Elisa.
Eu tb concordo com a frase "velhos são os trapos".
Velhice é sinónimo de sabedoria e apoio para os mais jovens.
* * Grilinha * * a 16 de Dezembro de 2006 às 01:33

Li com o coração e com a Alma!
Fiquei mais sábia.
Beijinhos doces no seu coração
Boa noite
Chicailheu
Chicailheu a 15 de Dezembro de 2006 às 19:42

É vingança das tuas visitas ao meu alpendre ?
Agora sou eu que estou de lágrima ao canto do olho :-)
Sabes... é que o meu sonho é vir a ser uma Rosa.

Beijo grande, Grilinha linda
Maria Alfacinha a 15 de Dezembro de 2006 às 22:33

ahhh ... ehhhh .. pois .... (grilinha encavacada)
A intenção não era ver-te a cantar "tenho uma lágrima no canto do olho, tenho uma lágrima no canto dolho ... trá lá lá lá lá ...." mas já que aconteceu .... aguenta-te que tb eu as soltei ao escrevê-lo.
beijinhos
* * Grilinha * * a 16 de Dezembro de 2006 às 01:36


Fernanda Grilo
(Grilinha)
16/12/1957
Lisboa-Portugal
As Visitas
desde Nov/2003

Dezembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12

17
18
19
21
23

25
27
28

31


comentários recentes
Boa noite.Há minutos, enquanto jantava, lembrei-me...
Gostei muito de ler a tua opinião! Um beijinho
http://meninadeangola.blogspot.com (http://meninad...
Ah ! Ah ! Ah !Adorei as regras.
Deixo o link para o meu Facebook:https://www.faceb...
Olá AméricoFiquei muito satisfeita de te voltar a ...
Bom DiaHá já muito tempo que fiz um comentário nes...
ObrigadaFoi pena o comentário ficar anónimo e assi...
Posts mais comentados
180 comentários
116 comentários
91 comentários
84 comentários
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar