O meu outro Blog - de Culinária
"A Cozinha da Grilinha"


01
Abr 09

Começo por agradecer as sms, os telefonemas, os emails e os twitts a querem saber noticias minhas.

 

(2ª feira)
Na 2ª feira foi dia de transfusão de ferro e consulta de Imuno-Hemoterapia no Egas (5 a 6 horas de estafa).

A recompensa é o carinho e o profissionalismo do pessoal do Hospital de Dia.

 
(3ª feira) 

A Ressonância Magnética foi realizada ontem de manhã (3ª feira).

Dado que o contraste pode provocar alguma reacção e porque a Clínica era longe (Miraflores) o engº dedicou algumas horas para me acompanhar.

 

Eu sei que o engº é um marido preocupado mas é um tarântulado e a maioria das vezes só atrapalha.

O coitado quando começa a ver o estado civil do BI a mudar de "C" para "V" entra em parafuso.

 

Depois de hora e meia enfiada na máquina a ouvir aqueles sons de picadora de gelo e martelo pneumático e "respira-não respira - não mexe - pode respirar - encha o peito de ar - não respira - pode respirar " ... chega a hora de administrar o contraste e começa o fadário da prospecção de veias. Por  acaso correu bem à primeira.

 

- Onde é que a Srª deixou as veias? (pergunta a radiologista)

- Quanto pesa? É muto magra e a máquina quase não faz oscilação quando enche o peito de ar.

 

Peito? de quem? Eu? pois ... esse ficou perdido no mesmo sítio das veias há uns anos atrás.

 

De regresso à sala de espera lá estava o engº a descansar os olhos e o corpo nas belas cadeiras estofadas.

Tomámos o pequeno-almoço no bar da Clínica e regressámos a Chelas.

 

O resultado da Ressonância com relatório está pronto dia 7 ao final do dia.

 

Resumo: Só dia 8 posso ir à consulta de Gastro do Egas e saber qual o veredicto sobre a tal massa estranha colada ao Sr Pâncreas e o que lhe irão fazer (à massa e a mim!!!)

 

(4ª feira)

Hoje foi dia de dentista, já remarcado por 3 vezes.

Está tudo bem, tendo em conta o débil sistema imunitário.

Uma pequena cárie tratada na hora e uma limpeza foi o suficiente.

Volte daqui a 6 Meses.

 

De regresso comecei a subir a Av Fontes Pereira de Melo.

A malvada fibromialgia olhou-me de frente e disse:

- Óh parvalhona não sabes que te dou fraqueza muscular e cansaço extremo? Onde é que vais toda lampeira? Senta-te já aí nesses degraus.

 

Bem mandada que sou. Sentei-me nos degraus da Pizza Hut até que as forças voltassem e me deixassem atravessar a passadeira até ao táxi.

 

Não apareceu nenhuma alma caridosa para ajudar uma velhinha a atravessar a rua.

No meu tempo não era assim. As velhinhas atravessavam a rua nem que fossem obrigadas.


Subir ao 4º andar é sempre uma etapa penosa. A cama estava à minha espera o resto da tarde.

 

Para a semana haverá mais noticias pois enquanto esta crise de fibromialgia não der de frosques vou ter que me  arrastar aqui pelos corredores do palácio.

 

Grilinha

 

* * Grilinha * * às 22:18
estou: embalsamada
tags:


Fernanda Grilo
(Grilinha)
16/12/1957
Lisboa-Portugal
As Visitas
desde Nov/2003

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24

27
28
29
30


comentários recentes
ObrigadaO comentário anterior seguiu com o meu end...
Obrigada "Cantinho da casa"Feliz Ano Novo
Oh! Cheguei tarde.Mas não deixo de lhe desejar mui...
Feliz Ano 2018, Grilinha.Quando espreito este blog...
Olá.Quando vi no mail "Grilinha", voltei a sorrir....
Olá Maria AraújoObrigada por te teres lembrado de ...
Boa noite.Há minutos, enquanto jantava, lembrei-me...
Gostei muito de ler a tua opinião! Um beijinho
http://meninadeangola.blogspot.com (http://meninad...
Posts mais comentados
180 comentários
116 comentários
91 comentários
84 comentários
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
subscrever feeds